Faça sua doação

Por: R$ 40,00

Preço a vista: R$ 40,00

Doar
Entenda como sua ajuda é importante



O que está acontecendo com os corais?


A área da costa Norte do Brasil, onde estão localizados os Corais da Amazônia, está sendo procurada por empresas petrolíferas que têm a intenção de perfurar o fundo do mar em busca de petróleo.


Essas atividades ameaçam todo o ambiente marinho da região, colocando em risco um ecossistema revelado há pouco tempo e que se mostrou único no mundo. Um derramamento de óleo apresentaria consequências devastadoras aos Corais da Amazônia e a todos os seres vivos que habitam a região, além de prejudicar as comunidades locais que dependem do oceano para se sustentar. Esses são riscos que não podemos correr!


No final de 2018, alcançamos uma primeira vitória na defesa dos Corais da Amazônia, quando o Ibama não permitiu que a empresa francesa Total explorasse petróleo perto dos recifes. Mas a luta ainda não terminou! Precisamos da sua ajuda para impedir outras empresas que continuam com esse plano absurdo, como a BP, e assim garantir que a região fique livre do petróleo!



Ver mais






Mas o que eu tenho a ver com os corais?


Não existe nada parecido com os Corais da Amazônia em todo o planeta. Até agora, pouco se conhece sobre a extensão desse sistema recifal e a vida lá presente, mas sabemos que ali vivem ao menos 73 espécies de peixes, 60 espécies de esponjas e 40 espécies de corais.


Esse ecossistema sobrevive em águas profundas - até 220 metros - e com pouca luminosidade, na Bacia da Foz do Amazonas, onde o rio Amazonas encontra o oceano Atlântico, e, ao que tudo indica, é o lar de espécies de peixes e esponjas-do-mar que sequer são conhecidas pela ciência.


Precisamos garantir a sobrevivência das diversas espécies que habitam os recifes e permitir que os cientistas continuem estudando a extensão e as características desse ecossistema. Expor tamanha biodiversidade à ameaça do petróleo é inaceitável!


Ver mais






O que o Greenpeace está fazendo para salvar os corais?


  • Fizemos expedições para estudar e mostrar ao mundo a importância desse ecossistema, que é único e está ameaçado pela indústria do petróleo. Com as descobertas feitas na expedição de 2017, mostramos que a extensão dos recifes pode ser seis vezes maior do que os primeiros estudos apontavam.

  • Fizemos mergulhos a mais de 100 metros de profundidade com um minissubmarino para trazer as primeiras imagens subaquáticas, que surpreenderam os cientistas e foram notícia no mundo inteiro.

  • Alcançamos mais de 2 milhões de assinaturas na petição pela defesa dos Corais da Amazônia.

  • A primeira vitória foi alcançada! Em 2018, o Ibama negou a licença para a petrolífera Total operar na região dos Corais da Amazônia.


Ver mais






O que o Greenpeace está pedindo ao governo brasileiro?


Devido aos riscos e impactos relevantes que um derramamento de óleo poderia provocar na bacia da Foz do Amazonas, o Greenpeace pede que a BP e outras companhias petrolíferas abandonem os planos de perfurar a bacia da Foz do Rio Amazonas.


Queremos que as autoridades brasileiras: retirem todos os blocos de petróleo sobre ou perto dos Corais da Amazônia de todo e qualquer leilão; neguem a licença ambiental às empresas que já têm planos de explorar na região; e protejam esse sistema recifal único no mundo.


Já está na hora de empresas se voltarem para as energias sustentáveis. As fronteiras da exploração de petróleo não devem ser expandidas, se quisermos manter o aumento da temperatura média global abaixo de 1,5 ºC e, assim, tornar nosso planeta um local mais seguro para a vida e para as futuras gerações.


Ver mais






Para onde vão os fundos arrecadados?


Como parte do compromisso assumido com uma gestão pautada pela transparência e boa governança, o Greenpeace, todos os anos, tem suas contas auditadas.


Sua doação será aplicada nesta campanha ou em outra campanha, projeto ou atividade do Greenpeace Brasil, conforme as demandas de recursos da organização.


No Relatório Anual você encontra uma série de campanhas e atividades realizadas para defender o meio ambiente no país. Compartilhamos um resumo das principais atividades do ano anterior, bem como a prestação de contas sobre todos os recursos que recebemos e de que forma investimos.


Ver mais






Por que o Greenpeace precisa da minha doação?


Não aceitamos doações de empresas, governos ou partidos políticos. Somos uma organização independente sem fins lucrativos. Precisamos da ajuda de pessoas como você para manter a nossa independência e defender o meio ambiente e o futuro do planeta.


Como doador do Greenpeace, você receberá mensagens periódicas sobre as nossas atividades e um relatório anual com todas as informações sobre nossas campanhas e a alocação de recursos.


Junte-se a nós agora e faça parte deste movimento!


Ver mais


Assine nossa newsletter para receber novidades sobre as nossas campanhas.